O Paraguai é um dos principais destinos de compras das Américas. Se você está planejando comprar eletrônicos no Paraguai, certamente uma série de questões já passou pela sua cabeça. E você não é o único!

Por isso, neste artigo respondemos as 17 principais dúvidas que surgem quando pensamos em cruzar a fronteira para comprar eletrônicos no Paraguai. Vamos lá?

1. Qual o horário de funcionamento das lojas no Paraguai?

O horário comercial no Paraguai é de segunda a sábado, de 6h às 16h. Aos domingos, a maioria das lojas está fechada ou funciona em horário reduzido. Lembre que o fuso horário no Paraguai é 1h mais cedo que no Brasil.

2. Que documentos ter em mãos?

Para cruzar a fronteira com o Paraguai, você vai precisar do seu passaporte ou carteira de identidade (RG). Esta deve se encontrar em bom estado, ter sido expedida a menos de 10 anos e sua foto deve lhe identificar facilmente.

Para a entrada de menores de idade, será necessário um documento de identidade e um acompanhante. No caso de ausência de, pelo menos, um dos pais, será preciso uma autorização original autenticada em cartório e assinada por ambos os responsáveis, onde deve constar a data de validade do documento e o destino da viagem.

3. Qual moeda utilizar?

A maioria das lojas em Ciudad del Este marca seus produtos em dólares, portanto, será mais vantajoso para você pagar nesta moeda. Os comerciantes também aceitam pagamentos em real ou guarani (moeda local), mas cada loja fará sua própria conversão de dólar para as outras moedas.

4. Posso usar cartão de crédito/débito?

Algumas lojas aceitam cartão de crédito ou débito internacional nas compras no Paraguai, mas você terá o acréscimo de 6,38% do IOF (imposto brasileiro sobre compras no exterior). Muitas lojas ainda cobram uma taxa adicional por compras no cartão de crédito, além da conversão de dólar para guarani.

5. Como saber se uma loja é confiável?

Os shoppings e as lojas maiores e com mais tempo no mercado são as mais confiáveis. Teste todos os produtos antes de sair da loja, cheque se as embalagens não foram violadas e verifique se o local oferece garantia dos produtos. Na dúvida, consulte a lista de lojas confiáveis do site Compras Paraguai, onde estão todas os estabelecimentos mais seguros de Ciudad del Este, inclusive a Mobile Zone.

6. Como funciona a garantia dos equipamentos?

Lojas confiáveis oferecem garantia dos seus produtos, que geralmente é de 3 meses a partir da data da compra. A garantia dos equipamentos comprados no Paraguai terão valor no Brasil apenas se o produto tiver sido declarado na Receita Federal. Recomendamos que você teste todos os produtos que comprar antes de deixar a loja.

7. Vou pagar imposto ao retornar ao Brasil?

Você precisará pagar o imposto sobre importação se os seus produtos não estiverem na lista de isenção de tarifa e o valor total deles ultrapassar a cota de isenção. Se acontecer, seus produtos serão retidos até o pagamento do imposto referente, que poderá ser feito na agência bancária localizada na própria aduana.

8. O que é a cota de isenção?

cota de isenção é o valor máximo que a soma dos seus produtos tributáveis pode ter para você não pagar imposto. A cota de isenção é a mesma para adultos e crianças de todas as idades, tem validade de 30 dias e seus valores são:

  • 500 USD para via aérea ou marítima;
  • 300 USD para via terrestre, fluvial ou lacustre.

A cota de isenção é pessoal e intransferível. Você não pode somar diversas cotas para se beneficiar da isenção. Além disso, produtos que causem dependência química ou física não podem integrar bagagens de menores, mesmo quando acompanhados pelos pais.

9. Há limites para a quantidade de produtos similares?

Sim, a Receita Federal estabelece um limite para a quantidade de produtos de mesmo tipo que você pode trazer das suas compras. Confira a lista:

  • 12 litros de bebida alcoólica;
  • 10 maços de cigarros com 20 unidades cada;
  • 25 charutos ou cigarrilhas;
  • 250g de fumo;
  • 20 unidades, não mais que 10 idênticas, de bens com valor menor que 10 USD (5 USD para via terrestre);
  • 20 unidades, não mais que 3 idênticas, de bens com valor maior que 10 USD (5 USD para via terrestre).

O limite de produtos similares deve ser respeitado mesmo que você não ultrapasse a cota de isenção. Produtos excedentes à quantidade permitida serão apreendidos.

10. Quais são os produtos isentos de tarifa?

São livros, folhetos e periódicos, e bens de uso e consumo pessoal do viajante, desde que apresentem condição de usados. Os produtos devem estar fora das embalagens para receber a isenção.

11. Quais produtos são tributáveis?

Bens que não sejam de uso ou consumo pessoal do viajante, produtos e equipamentos novos ou embalados, bebidas alcoólicas, cigarros, charutos, cigarrilhas e fumo. Os aparelhos eletrônicos são tributáveis.

12. Celulares e câmeras digitais são taxados?

Para a Receita Federal, celulares e câmeras digitais são considerados bens de uso pessoal se apresentarem condição de usados. Mas se a sua viagem para Ciudad del Este durar apenas algumas horas, a Receita entende que não houve tempo para considerar os aparelhos em condição de usados, logo eles deverão ser taxados.

13. Quanto custa o imposto sobre importação?

O imposto sobre importação é de 50% do valor que exceder sua cota de isenção. Por exemplo: se você retornar ao Brasil pela Ponte da Amizade (via terrestre) e a soma dos seus produtos for de 500 USD, você será taxado em 100 USD (50% dos 200 USD que ultrapassam a cota de 300 USD).

14. Como funciona a fiscalização na Ponte da Amizade?

A fiscalização é feita por amostragem: os fiscais selecionam ao acaso um grupo de pessoas e veículos para inspeção. Se você não declarar suas compras e for flagrado pela fiscalização, você será multado e terá seus produtos apreendidos, podendo até responder criminalmente.

Para não correr riscos, procure o balcão de bens a declarar se suas compras ultrapassarem a cota 300 USD. Você precisará emitir o e-DBV (Declaração Eletrônica de Bens do Viajante), e listar os valores dos seus produtos tributáveis. Peça ajuda na recepção se tiver alguma dúvida.

É importante ter as notas fiscais dos seus produtos para apresentar na aduana. Se você não possuir os comprovantes, o fiscal irá supor os valores que você pagou baseado em produtos similares na Internet.

15. Após a Ponte da Amizade ainda há fiscalização?

Sim. Por via aérea, você passará pela fiscalização no aeroporto de Foz. Por via terrestre (de carro ou ônibus), você poderá ser parado nas estradas que ligam os acessos ao Paraguai e as principais cidades e capitais brasileiras, principalmente São Paulo e Curitiba.

Eles farão a averiguação da sua mercadoria e, se necessário, você deverá apresentar o comprovante de declaração. Se você ultrapassou a cota e não tiver declarado, seus produtos poderão ser apreendidos.

16. Devo comprar eletrônicos no Paraguai e entregar no Brasil?

Esse tipo de operação não é permitida por lei para consumidores comuns. Já microempresas cadastradas no Simples Nacional e habilitadas pela Receita Federal podem usar o Regime de Tributação Unificada (RTU) para importar do Paraguai.

A importação pelo RTU está sujeita à tributação de 25% sobre o valor do produto, sem direito à cota de isenção de 300 USD. Ou seja, se sua compra for de 500 USD, você pagará 125 USD de imposto (ao invés dos 100 USD se tivesse cruzado a fronteira). Sendo assim, é mais fácil e vantajoso comprar diretamente no mercado paraguaio do que importar para o Brasil.

17. Vale a pena comprar eletrônicos no Paraguai?

Sim, pois Ciudad del Este é uma das maiores zonas livres de imposto do mundo, o que diminui bastante os preços das mercadorias. Vale lembrar que você ainda pode trazer até 300 USD em produtos sem pagar imposto.

Mesmo com a alta do dólar e a taxa de importação, se você ultrapassar a cota, o valor final dos produtos ainda deve ser menor que no Brasil, que está na lista dos países com maior carga tributária do mundo.

Agora sim, você já sabe tudo o que precisa para comprar eletrônicos no Paraguai. Siga nossas dicas para suas compras serem tranquilas e você possa voltar para casa com tudo o que deseja. Quer saber mais sobre os produtos eletrônicos que oferecemos? Entre em contato com a gente e teremos prazer em te ajudar!